Destaques dos jornais e portais integrantes da Rede Sindijori MG

Principais destaques dos jornais e portais integrantes da Rede Sindijori MG
Hélio Roberto revelou durante seminário projeto que conectaria trechos entre Varginha e Lavras e depois a cidades do RJ (Divulgação/Renato Franco)
sábado, 27 janeiro, 2024

União estuda projeto de ferrovias

O governo federal estuda implantar ferrovias na região do Sul de Minas Gerais para o escoamento da produção de café. Os estudos de viabilidade foram contratados em uma parceria do Ministério dos Transportes (MT) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O projeto conectaria trechos entre Varginha e a estação Engenheiro Bhering, em Lavras, revelou o diretor do Departamento de Outorgas Ferroviárias da Secretaria Nacional de Transporte Ferroviário (SNTF) do ministério, Hélio Roberto. Ele divulgou a intenção do ministério durante o seminário “Minas de volta à mobilidade”, realizado pela Sociedade Mineira de Engenheiros (SME) em sua sede, em Belo Horizonte. Os estudos devem ser finalizados nos próximos meses. (Diário do Comércio – Belo Horizonte)

https://diariodocomercio.com.br/economia/uniao-estuda-projeto-ferrovias-sul-minas-gerais/

PJF recorre ao MP contra corte

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) anunciou, nesta sexta-feira (26), por meio de um vídeo da prefeita Margarida Salomão, que a administração entrou com representação no Ministério Público de Minas Gerais contra a constitucionalidade de um corte de R$ 30 milhões nos recursos da gestão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que seriam destinados à educação. A ação é realizada em parceria com o município de Contagem, que, conforme a chefe do Executivo, também sofreu com cortes. Segundo a prefeita, isso se deve aos novos critérios da lei estadual 24.431/2023. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

Vereadores debatem desenvolvimento

Na última terça-feira, 23 de janeiro, a Associação de Vereadores e Câmaras Municipais do Sul de Minas (Avemag) realizou uma importante reunião na cidade de São Lourenço. O encontro, que contou com a presença de vereadores e colaboradores das câmaras municipais associadas, além de representantes de cidades interessadas em ingressar na associação, teve como foco discutir temas cruciais para o desenvolvimento da região. (Jornal Panorama – Caxambu)

Caixa atendeu 250 advogados

A Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados reforça seu compromisso com a advocacia mineira ao disponibilizar o Auxílio Extraordinário para Desastres Naturais. O benefício, que entre 2022 e 2023, atendeu 252 profissionais da advocacia mineira, disponibiliza um montante de até R$ 4.200. O objetivo é apoiar advogados e advogadas que se encontram em situação de vulnerabilidade social, sendo vítimas dos estragos causados pelas inundações e desastres naturais em seus escritórios ou residências. (Rede Sindijori)

https://www.sindijorimg.com.br/a-caixa-de-assistencia-dos-advogados-de-mg-ja-atendeu-mais-de-250-advogados

População de rua aumenta em Uberlândia

Dados do Observatório Nacional de Direitos Humanos revelam que o número de indivíduos sem residência formal dobrou ao longo dos últimos cinco anos em Uberlândia. Os registros apontam que, em 2018, a cidade tinha 510 pessoas em situação de rua, enquanto em 2023, a quantidade subiu para 774,  um aumento de 51%. De acordo com uma pesquisa do Observatório Nacional, 93% dos indivíduos que vivem em situação de rua são do sexo masculino. Em relação à faixa etária, 35% têm idades entre 40 e 49 anos, e 28% entre 30 e 39 anos. (Diário de Uberlândia)

https://diariodeuberlandia.com.br/noticia/35099/em-cinco-anos-populacao-em-situacao-de-rua-aumenta-50-em-uberlandia

Presídio coleta material genético

O Presídio de Teófilo Otoni e a Polícia Civil de Minas Gerais realizaram uma ação conjunta, na terça-feira (16/1/2024), para coletar material genético de 12 custodiados desta unidade prisional, dando sequência a um trabalho realizado no ano passado pela Sejusp-MG e PCMG. A ação objetiva aumentar o volume de registros no banco de materiais genéticos de Minas Gerais em 2024. O Diretor Geral do presídio, Wederson Coelho Costa Dias, destaca que – “o trabalho em sinergia com a Polícia Civil é gratificante e de grande importância para as atividades integradas à Polícia Penal”. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)

Gostou? Compartilhe...

Leia as materias relacionadas

magnifiercrossmenu