Assembleia lança na sexta (22) o PJ Minas 2024 

Vigésima edição do programa de formação política de estudantes tem como tema melhorias no ensino escolar
Na etapa estadual do Parlamento Jovem, os estudantes debatem e votam propostas no Plenário da Assembleia - Arquivo ALMG Fotos: Foto: Sarah Torres/ALMG
quarta-feira, 20 março, 2024

Programa de formação política dos estudantes do ensino médio, o Parlamento Jovem de Minas (PJ Minas) chega em 2024 à 20ª edição, que será lançada oficialmente para todo o Estado nesta sexta-feira (22/3/24), a partir das 10 horas, no Auditório José Alencar da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

O presidente do Parlamento mineiro, deputado Tadeu Martins Leite (MDB), e presidentes das câmaras municipais parceiras participarão da solenidade, que será transmitida ao vivo pela TV Assembleia e pelo canal da ALMG no YouTube.

Uma das maiores iniciativas de participação legislativa jovem do País, o PJ Minas é realizado pela Assembleia, por meio da Escola do Legislativo, em parceria com câmaras municipais e com o apoio da PUC Minas.

Nesta edição, estudantes de 145 municípios (126 veteranos e 19 ingressantes), divididos em 20 polos regionais, vão debater o tema “Melhorias no ensino escolar”. Três subtemas orientarão as discussões sobre a importância de se garantir mais qualidade na oferta de educação no Estado: “Melhorias do ambiente de ensino-aprendizagem”, “Melhoria da aprendizagem e enfrentamento das desigualdades educacionais” e “Fortalecimento da gestão democrática”.

"A edição de 2024 do PJ Minas promete. Temos mais municípios participando e, com isso, mais jovens envolvidos na discussão de uma temática que os afeta profundamente. É hora de ouvir as propostas dos estudantes para construir coletivamente soluções mais efetivas para os problemas do ensino escolar", afirma a gerente-geral da Escola do Legislativo, Ruth Schmitz.

ALMG é referência na educação para a cidadania

O presidente Tadeu Martins Leite destaca a ampliação do número de municípios envolvidos no PJ Minas e lembra que a ALMG é referência para outras casas legislativas na educação para cidadania dos jovens.

"Chegar à vigésima edição deste programa tão importante, do qual já pude participar por diversas vezes, é uma grande alegria para o Parlamento. A cada ano, aperfeiçoamos esse trabalho de aproximar a Assembleia dos cidadãos, ampliamos a participação dos municípios e, inclusive, já somos referência para outras casas legislativas, que também implementaram essa iniciativa”, diz.

Tadeu Martins Leite frisa, ainda, a importância do tema discutido neste ano.

Tadeu Martins Leite
Dep. Tadeu Martins Leite

Programação inclui visitas e atividades de formação

Com a finalização das etapas iniciais de preparação e implantação do programa, até o mês de julho ocorre a etapa municipal, que compreende atividades de formação dos estudantes, visitas técnicas aos polos e as plenárias municipais, nas quais são priorizadas propostas para as plenárias regionais, realizadas de julho a agosto.

Nessa etapa regional, são selecionadas as propostas que serão analisadas na etapa estadual e sugestões de tema para a próxima edição do PJ Minas.

No polo Zona da Mata 1, por exemplo, composto pelos municípios de Matias Barbosa, Cataguases, Leopoldina, Bicas, Mar de Espanha, Olaria, Santana do Deserto e Chiador, já foram realizadas três reuniões para articulação e planejamento da etapa regional.

Em abril, todos os estudantes do polo inscritos terão um encontro com especialistas no tema da edição de 2024.

"Avalio como muito promissor o engajamento dos estudantes neste período inicial. Todos já receberam seu kit de participação, com o cronograma das atividades, e demonstraram interesse e empolgação. Com a mistura entre veteranos e os iniciantes, o ciclo vai se renovando", ressalta o coordenador-regional do polo, Claudinei Lima, de Matias Barbosa.

A etapa estadual, por sua vez, ocorre de agosto a setembro. Estão previstas atividades de entrosamento dos estudantes e a realização de grupos de trabalho, nos quais são priorizadas as propostas submetidas a votação na plenária estadual, onde também é definido o tema da edição seguinte.

O documento final com as propostas do PJ Minas será entregue como sugestões de ações à Comissão de Participação Popular da ALMG, encarregada de analisá-las.

As sugestões são agrupadas por subtema, na forma de propostas de ação legislativa (PLEs).

Elas podem ser transformadas, entre outras iniciativas, em requerimentos de providências aos órgãos públicos e projetos de lei.

Com informações do site oficial da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Gostou? Compartilhe...

Leia as materias relacionadas

magnifiercrossmenu